(2015-atual)

Sobre o grupo de pesquisa

O Grupo de Pesquisa “Produção do espaço urbano e finanças contemporâneas: o papel do fundo público” é coordenado pela professora Luciana de Oliveira Royer, sediado no Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos – LABHAB da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. O Grupo de Pesquisa é formalizado em 2018 junto ao CNPq, e conta com a co-coordenação da professora Ursula Dias Peres, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo.

O Grupo de Pesquisa busca compreender a produção do espaço urbano brasileiro e o financiamento 
da infraestrutura urbana e habitacional a partir dos processos históricos dos fluxos de riqueza 
na economia mundial e suas relações com a estrutura política, social e institucional do Brasil. 
Da mesma forma, apontar as recentes tendências de mudança nos fundings, que vem dando 
sustentação à execução dessas políticas desde final dos anos 60.

Relatório de Pesquisa de 2020

O grupo publica seu relatório de pesquisa do ano de 2020, composto por três volumes que contém a produção bibliográfica de treze (13) iniciações científicas desenvolvidas entre os anos de 2015 e 2019 por alunos de graduação em arquitetura e urbanismo da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo mas também por alunos da graduação em ciências econômicas da Faculdade de Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária e graduação em direito da Faculdade de Direito, ambas unidades da Universidade de São Paulo.

A produção bibliográfica dos jovens pesquisadores, seus respectivos relatórios finais de pesquisa, estão aqui reproduzidos na íntegra. Sobre a autoria desses relatórios de pesquisa, destacam-se os esforços para a construção de um ambiente de pesquisa transdisciplinar, profícuo à formação intelectual de jovens pesquisadores, com rebatimentos sobre a condução de pesquisas e encontros de trabalho. O relatório de pesquisa conta ainda com uma seção de Apresentação, desenvolvida pela professora Luciana de Oliveira Royer, que busca apresentar e articular processos e resultados desenvolvidos pelos jovens pesquisadores. Desse modo, o grupo também avança na sistematização e publicização de resultados de pesquisa.

Clique e acesse os três volumes do Relatório de Pesquisa de 2020: Volume 1 | Volume 2 | Volume 3

 

 

 

(2017-atual)

Objetivos

Identificar a morfologia, tipologia e o uso atual de imóveis notificados pela SMDU/PMSP na região a volta da estação de metrô São Bento, 25 de março e largo de Santa Ifigênia  através de pesquisa de campo, analisando o impacto do instrumento do Parcelamento, Edificação e Utilização Compulsória no perímetro da operação urbana Centro na São Paulo e a viabilidade de utilização destes imóveis como habitação de interesse social.

Metodologia

Todo o processo de discussão e análise foi e será feito em grupo pelos sete pesquisadores e seus orientadores em reuniões semanais. A partir da compreensão da notificação feita pela PMSP/SMDU e de discussões em conjunto para a preparação dos estudos de campo, subdividimos o perímetro da O.U. Centro levando em consideração a quantidade de imóveis de modo a cada pesquisador ficar com um número de imóveis próximos. Então analisamos e sistematizamos os dados coletados de forma a sermos capazes de distinguir padrões e trabalhar qualitativa e quantitativamente. Conjuntamente, houve um aprofundamento bibliográfico que possibilitasse uma visão crítica acerca deste instrumento, da função social da propriedade e do uso destas propriedades como habitação de interesse social.